• alziraboechat

COMEMORANDO A VIDA!AGRADECENDO A PÁSCOA DE ONTEM, HOJE E SEMPRE!






Estocolmo,5/04/2020


Caríssimos Caríssimas


Hoje é aniversário do meu sobrinho Filipe. Chuva de bênçãos, Filipe; felicidades!!!!

Esse ano planejamos passar a Páscoa no Brasil; convidamos mamãe, Mirtes, Marli pra virem passar conosco em São José dos Campos. Mamãe se animou a ir(como sempre com a energia e gosto por viagem que tem) e ficamos de combinar datas porque havia também o niver de Carolina e Pauliana em maio, com festa grande e muitos parentes vindo de Itaperuna e outras cidades.

Os planos mudaram. Nós estamos de quarentena em Estocolmo e muito bem; mamãe está de quarentena em Itaperuna com Mirtes, Ivanda e Marli e estão bem; o pessoal de São José está cada um na sua casa de quarentena e estão bem.

Ano passado estávamos aqui em Estocolmo e nossa amiga Regina teve a ideia de passarmos juntos o domingo de Páscoa, nós mais ou menos vizinhos e mais tres pessoas nem tão vizinhos assim!

Discutia-se o que cada um levaria; isso foi fácil porque cada um escolheu o prato que gosta de fazer e apareceu lá um menu digno de chefe francês com estrela no Michelin, só que bastante diversificado na etnia: finlandês, sueco, brasileiro.

Discutia-se onde seria e não me lembro bem como foi a decisão, mas foi excelente: Thais, Hakan e Lívia nos receberam como eles muito bem sabem: organização magistral (secundados pelas vizinhas Andreia e Michelle que, se me lembro bem, emprestaram cadeiras, porque éramos muitos no grupo formado), tudo lindo e confortável! Passamos um domingo agradabilíssimo degustando iguarias(essa palavra ainda usa?).

Me lembro bem das duas mesas postas com lindas toalhas, o bufê armado em frente uma delas, os quitutes ainda na geladeira à espera de necessidade de reposição. E o gosto das delícias servidas? Ainda sinto na minha memória! O contraste de molhos(um bem forte com mostarda acompanhando o salmão defumado que Magnus levou); saladas diversas,carnes com diferentes temperos. E muito mais!

E estarmos juntos foi o presente melhor nesse dia: ficamos lá papeando e papeando e comendo; mais tarde Riglea sorteou camisetas que ela fez(muito simpático!) e serviu a sobremesa que ela levou, deliciosa.

Esse ano não vamos nos encontrar apesar de estarmos aqui bem próximos. Pensei então em presentear alguém do grupo de 2019, que receberia o presente dedicado simbolicamente a todos, e escolhi os anfitriões, Hakan, Thais e Lívia.

O que seria o presente?



Para a Lívia, claro, Salta pinnar, que ela e Ari amam. Esqueci que Lívia não gosta de doce e comprei também esses ovinhos. Deixei-os em casa.(Acabo de descobrir a roda! Consegui recortar a foto acima! VIVA EU!)


Bolsa/embrulho pra Lívia(Katthya me deu) Lá estava também uma bolsa de chitão que fiz pra Thais ir ao mercado.


Para Hakan e Thais fiz uma prova de bolo salgado, estilo brasileiro.(Abaixo algumas fases finais)


Ervas da horta do Ari na janela da copa!

O bolo precisava ser do tamanho da "bandeja"!

Ari me levou,depois da nossa única caminhada semanal, gentilmente, hoje à casa de Thais, Hakan e Lívia pra eu deixar em frente a porta o bolo e a bolsa de papel.

Thais agradeceu depois e mandou foto da Lívia degustando salta pinnar! Gratidão.


Fiz também uma lembrança para a menina da nossa vizinha. Ela é tímida. Outro dia eu cheguei com as compras e ela e a mãe iam pegar o elevador. Queria achar algo pra dar a ela, das compras, e não achei. Dei uma mexerica.

Quando encontrei-os na rua um outro dia, a mãe me disse que ela não esquece e comenta que dei a mexerica.

Dentro estão ovinhos coloridos dentro de uma bolsa pequena de tecido que eu fiz.



Na minha vagareza, fiquei pensando se ia ou não pintar o cabelo agora em março já de quarentena; queria pintar o cabelo, sabia que não podia ir e não queria desmarcar; não desmarquei. Só no dia. Aqui o prazo é 24 horas antes. Quis pagar e Thereza não aceitou.

Lembrei dessa caixa "abril" que estava pronta e guardada. Fiz para uma das minhas irmãs.Ia levar agora pro Brasil.Achei um bom presente para começar.

Peguei lá embaixo. Ia mandar só a caixa, mas resolvi por um chocolate dentro. Sorte minha!


Olha o que havia dentro.



Troquei o conteúdo.


O Joaquim, frequentador do mesmo grupo que eu, se ofereceu para ajudar a quem não pudesse sair e eu aceitei. Grata, Joaquim.

Ele levou a caixa pra Thereza e bolo para Regina e Magnus, dois endereços perto daqui de casa.


Amei meu "movimento" de Páscoa! Gratidão, Senhor, por todas essas possibilidades!

Com amor,

Alzira Maria







15 visualizações
banner-dois.png

© 2019 - created by Fernanda Curcio          |           Política de Privacidade