• alziraboechat

AMIZADETERAPIA

Atualizado: Mai 23







AMIZADETERAPIA


Marco Túlio Cícero, filósofo latino do século I a.C., afirmou com grande sabedoria que quem retira a amizade da sua vida elimina o Sol do mundo.Isto porque,o relacionamento entre as pessoas através da amizade é de grande significado emocional para a existência feliz. A amizade é como o Sol que aquece e vitaliza, favorecendo o desenvolvimento da vida e ampliando os horizontes existenciais, aos quais oferece beleza, harmonia e faculta desafios para serem conquistados.


O ser humano é essencialmente sociável, encontrando, nos relacionamentos proporcionados pela amizade, estímulos e objetivos para crescer moral e espiritualmente. Sem dúvida, a amizade é portadora do calor necessário para fazer germinar os sentimentos que se encontram adormecidos no imo do ser, ao tempo em que se irradia com energias benéficas em favor daquele com o qual se relaciona.




A amizade independe dos interesses mesquinhos do dar para receber, porquanto, o ato da estima sintetiza os dois fenômenos pelo produzir de satisfações confortadoras. Destituídos de sentimentos racionais, os animais da escala anterior à humana expressam a amizade por instinto, embora em alguns deles existam os pródromos da futura inteligência, protegendo-se, assim como a outros da mesma ou de espécie diferente, no clã biológico ou no social,oferecendo-lhes apoio e convívio.


Esse treinamento desenvolve-lhes a capacidade para a estima, quando alcançarem o estágio de humanidade. Os filhotes rejeitados ou órfãos,quando não adotados por outros, deperecem e morrem. O mesmo ocorre com as crianças que, acariciadas, gozam de mais saúde e de melhor desenvolvimento intelectual, em relação àquelas que são vítimas do abandono ou são desprezadas, que sobrevivem com deficiências várias, quando não se apresentam portadoras de transtornos emocionais graves.


A amizade sincera oferece a segurança emocional que propicia alegria de viver, por estimular os neuro- transmissores a produzir mais dopamina, a substância responsável pela alegria, pela felicidade... Invariavelmente, os indivíduos temem o abandono, a solidão, e ante a doação da amizade relaxam e tranqüilizam-se, reconquistando a confiança em si mesmos e no próximo. A amizade, desse modo, é como um elixir terapêutico de excelentes resultados, inclusive no período em que se instalam as enfermidades.


Foto: Alzira Boechat 22/05/2020


A amizade é tão valiosa, que o som de uma voz amiga e conhecida produz o sorriso de alegria em quem o escuta. A lembrança de um ato propiciado por um amigo gera satisfação e a perspectiva de um novo encontro desenvolve expectativa agradável. Quando não se frui dessas satisfações, dificilmente encontra-se a felicidade durante a existência terrena, sofrendo-se isolamento e angústia. Estatísticas valiosas asseveram que as pessoas solitárias têm a probabilidade de desencarnar em muito menos tempo do que aquelas que experienciam convivências e relacionamentos afetivos. O mesmo ocorre com os introvertidos em relação aos extrovertidos, em face das agressões de que padece o sistema imunológico,bombardeado pelos conflitos das coarctações emocionais.


Foto: Alzira Boechat


A amizade prolonga a existência física e embeleza as emoções. A vida estua em incessantes poemas de relacionamentos em a Natureza, culminando na convivência entre os seres humanos. Amigos são bênçãos que devem ser cultivadas com carinho, respeito e consideração. * Quando os enfermos recebem atenção e amizade, os seus neurônios produzem endorfinas que lhes atenuam tanto as dores físicas quanto as emocionais, facultando-lhes formosos períodos de sobrevida.


Os processos agressivos na convivência social produzem distonias psicológicas nos seus membros, tornando-os refratários aos sentimentos de elevação, de fraternidade e de harmonia. São geradores de violência, porque se fazem, por sua vez, condutas igualmente violentas. Os animais cuidados com amizade tornam-se dóceis, reconhecem os seus donos e captam-lhes os sentimentos que os instintos decodificam por automatismo.


Foto: Alzira Boechat


Assim, a amizade funciona como elemento indispensável a uma vida produtiva e rica de aspirações relevantes. Aquele que se isola, termina por alienar-se, permitindo-se reflexões negativas,pensamentos pessimistas e mergulhando em depressões tormentosas por falta de convivências salutares. Da amizade ao amor basta um passo, isto é: à medida que o sentimento se engrandece, adquire dimensão de afetividade profunda. Frederico Nietzsche, embora pessimista e vítima de freqüentes crises depressivas, reconheceu que é a amizade que sustenta o casamento, as parcerias, os relacionamentos sexuais,quando passam os arroubos das paixões devastadoras...


A amizade independe dos sexos, das circunstâncias, das idades.Abrange todos os períodos da vida e tudo quanto existe na Natureza. Desenvolvê-la, mediante o treinamento, expandindo-a ao maior número possível de indivíduos humanos, animais e vegetais, constitui um desafio em benefício da saúde integral. A vida solitária constitui terrível carga para o organismo físico, emocional e mental, gerando desconforto e estresse, em razão dos conflitos que se estabelecem no íntimo e da impossibilidade de reparti-los com outrem em conversações edificantes.


Não se trata de transferi-los ao próximo, porém, de realizar-se uma catarse positiva, trabalhando as faces nebulosas do sofrimento e encontrando caminhos ocultos para a sua liberação. Quando se confia em alguém, torna-se mais fácil enfrentar dificuldades,confiando que sempre terá companhia e refúgio emocional na amizade, quando os problemas se tornarem mais graves ou mesmo sem eles. Tendo-se com quem conversar, discutir problemas,comentar desafios e dores, embora permaneçam não resolvidos, outras são as condições emocionais para os solucionar, em face do aquecimento moral que vem do outro. *


Foto: Alzira Boechat 22/05/2020


A amizade pura tem sido responsável por incontáveis glórias do processo evolutivo da humanidade. Pessoas que se estimam,sacrificam-se umas pelas outras, demonstrando o significado de que se revestem na convivência fraternal. Enquanto houver amizade entre os seres humanos Deus estará de bem com os habitantes do planeta terrestre. Sê amigo, doando-te quanto possas, mantendo conversações salutares, joviais e desfrutarás de bem- estar.


A convivência na amizade é razão para evitar o vazio existencial, a saturação, desde que seja autêntico o sentimento. A amizade prolonga a alegria de fruir-se a existência física. Amizade que produz bem-estar e auto-realização, é processo terapêutico para uma reencarnação exitosa.


Jesus e Vida- Divaldo P. Franco/Joanna de Ângelis

0 visualização
banner-dois.png

© 2019 - created by Fernanda Curcio          |           Política de Privacidade